Blog

Gerar boleto automaticamente para o seu cliente pode melhorar muito a produtividade do seu negócio, além disso, ao escolher uma forma de automatizar este processo, você pode ainda diminuir a inadimplência.

Em sua empresa de serviços são frequentes os atrasos de pagamento de seus clientes?

Por muitas vezes você precisa gerar mais boletos com novo prazo de vencimento para aqueles clientes “esquecidos”?

E eles ainda lhe pedem para isentá-lo dos juros e da multa pelo atraso?

Você enfrenta situações de atrito com o cliente no processo de cobrança?

Você sente que perde produtividade gerando boletos, prorrogando datas, fazendo cobranças?

Se você respondeu SIM para a maioria destas perguntas este artigo pode ajudar muito a você melhorar a sua produtividade e relacionamento com o seus clientes.

Neste artigo você vai conhecer as possibilidades de automação do processo de cobrança on line e serviços disponíveis no mercado.

Assim você pode estudar esta melhoria em seu negócio para automatizar o processo de cobrança e focar nas atividades mais importantes.

Gerar boleto automático

Que tarefas são automatizadas?

Utilizando uma plataforma de pagamento on line (logo abaixo eu mostro um comparativo entre empresas do setor) você deixa de gerar boletos e enviá-los por e-mail.

Não é apenas isso. Você pode usar funcionalidades que ajudam a diminuir a inadimplência.

Tudo é realizado de forma automática pelas plataformas de pagamento on line.

A ideia é que você cuide das tarefas-chaves do seu negócio deixando os pagamentos e interações sobre o assunto com o cliente funcionando de forma automática.

 

O que as plataformas de pagamento on line podem fazer por você?

No mercado há uma série de ferramentas com funcionalidades e possibilidades diferentes.

As funcionalidades básicas de um bom processo automático de pagamento on line permitem que você:

  • cadastre o cliente em uma plataforma (sistema) na nuvem;
  • atribua os serviços do seu portfólio que o seu cliente consome;
  • atribua os valores desses serviços, concedendo descontos ou não;
  • estabeleça características da cobrança como a data de vencimento, recorrência, etc;
  • possibilite a criação de um fluxo automático de comunicação através de disparos de e-mails, também conhecido por régua de cobranças.

 

Réguas de cobranças

Com a régua de cobranças automáticas você programa os e-mails que devem ser disparados para cada momento do ciclo de cobrança.

Por exemplo, você pode programar para que o sistema envie um e-mail para o cliente quando o boleto estiver a 3 dias do boleto vencer, outro diferente no dia do vencimento, etc.

A régua de cobrança automática ajuda a diminuir a inadimplência à medida que você está lembrando o seu cliente a se preparar para o momento de quitar seu boleto.

Geralmente todos os e-mails podem ser configurados com o logo da sua empresa.

O segredo aqui é fazer textos diretos, bem redigidos e que passe uma pessoalidade ao cliente, como se você estivesse falando exclusivamente com ele.

Escolha um serviço de geração de boleto on line que possua essa funcionalidade. Nem todos tem isso para oferecer.

 

Como gerar boleto automaticamente.

Exemplo de régua de cobrança.

Segunda via de boleto

As melhores plataformas de pagamento on line possuem uma funcionalidade para o envio de segunda via de boleto ao cliente de forma automática, mas vale deixar claro aqui que este processo está mudando.

A FEBRABAN, atendendo às determinações do Banco Central, está seguindo um cronograma em que paulatinamente todos os boletos serão emitidos a partir da Nova Plataforma de Cobrança.

O maior benefício desta mudança é que os boletos poderão ser pagos mesmo quando vencidos e em qualquer canal de recebimento do banco, sem precisar ir até a agência ou gerar novo boleto.

Desde julho de 2017 a Nova Plataforma de Cobrança opera com boletos com valores iguais ou maiores de R$ 50 mil.

Em março de 2018 passou a contemplar os boletos com valores iguais ou maiores que R$ 800,00. E assim há um cronograma que visa abranger paulatinamente todos os boletos emitidos pelo sistema bancário:

 

a partir de 1 de setembro/2018valores de R$ 200,00 ou mais
a partir de 22 de setembro/2018valores de R$ 100,00 ou mais
a partir de 6 de outubro/2018valores de R$ 50,00 ou mais
a partir de 20 de outubro/2018valores de R$ 0,01 ou mais
em 3 de novembro/2018processo concluído, com a inclusão dos boletos de cartão de crédito e de doações, entre outros.

 

Empresas de pagamento on line

Com o avanço do mercado on line e as e-commerces, as empresas de pagamento on line vivem hoje uma concorrência gigantesca, o que é bom para quem contrata, pois todas precisam melhorar constantemente seus serviços para continuarem competitivas.

As mais famosas são Cielo, Pay Pal, Pag Seguro, Moip, as quais já possuem autoridade no assunto e que geram uma confiabilidade diferenciada.

Porém chamo a atenção para as novas entrantes no mercado, que chegam com uma tecnologia mais avançada já corrigindo as falhas que as grandes apresentam. Além disso, costumam ofertar um serviço mais barato.

É o caso de empresas como Vindi, Gerencianet e Iugu. Essas empresas têm crescido muito e ameaçado as gigantes do setor. Principalmente pela proximidade que conseguem com o mercado de startups.

 

Como é cobrado o serviço de automação de cobranças?

A forma de todas trabalharem é muito parecida, com diferenças pontuais entre elas. No geral, cobra-se pelos seguintes fatores:

  • Transação: um valor que varia entre R$ 0,29 e R$ 0,80 para cada transação comercial realizada;
  • Tarifa de intermediação para Cartão de Crédito: para operações com cartão de crédito cobra-se uma taxa que varia entre 2,5% a 5,5%;
  • Tarifa por boleto compensado: varia entre R$ 1,00 e R$ 3,99. Cobra-se apenas pelos boletos quitados, o que é um diferencial importante em relação aos boletos emitidos através da rede bancária tradicional, os quais custam mais de R$ 5,00 por qualquer emissão;
  • Tarifa de saque: tarifa para transferir o dinheiro dos pagamentos para a sua conta jurídica. Muitas não cobram, mas pode custar até R$ 5,00 por operação;
  • Implementação: opcional, relevante quando estamos falando de integrar a plataforma de cobrança com o seu site ou sistema de gestão. Algumas das empresas de pagamento on line cobram por isso, chegando até a R$ 500,00.

 

Comparando algumas empresas

Este artigo é fruto da experiência própria na busca destas informações para automatizar o processo de cobrança da Fiscal.io.

Ao elaborar os planos com funcionalidades pagas de nosso Monitor de Documentos Fiscais, precisei estudar e conhecer as alternativas do mercado e escolher a que melhor se encaixava nas nossas necessidades.

Como resultado, compartilho com vocês a tabela comparativa entre algumas empresas do mercado.

Cartão de Créditosimsimsimsimsim
Boletosimsimsimsimsim
Tarifa de intermediação3,99%3% (média)5% a 5,5%3,99%2,51%
Tarifa por boleto compensadoR$ 1,00R$ 3,99R$ 2,99 a

R$ 3,50

R$ 3,00R$ 1,98
Liberação do saldoD+30boleto D+4

cartão D+30

boleto D+1

cartão D+14

boleto D+3

cartão D+30

boleto D+2

cartão D+30

Tempo entre pedido de saque e recebimentoD+1D+0D+1D+3D+0
Tarifa de saqueisentoR$ 4,50R$ 5,00isentoisento
Tarifa por transação completaR$ 0,40R$ 0,79R$ 0,29R$ 0,40R$ 0,70
MensalidadenãonãonãonãoR$ 199,00
SetupnãoR$ 499,00nãonãoR$ 380,00
Upgrade e Downgrade automáticos de planonãonãonãonãosim
Período para testesaté 30 diasaté 30 diasaté 90 diasnãoaté 30 dias
APIs para integraçãosimsimsimsimsim
Régua de cobranças automáticasimsimsimnãosim
Emissão automática de 2ª viamanualautomáticoautomáticomanualautomático

 

Como  o mercado é vivo, há a possibilidade de encontrarmos alterações na política de preços destas empresas, por isso recomendo que você confira as condições praticadas usando esta tabela como uma referência inicial.

 

O Cartão de Crédito deve ser usado como meio de cobrança em empresas de serviço

Todas as empresas de pagamento on line oferecem a opção de pagamento através de cartão de crédito.

Porém não é uma prática comum entre as empresas de serviços B2B, como os escritórios de contabilidade, fazer cobrança por esse meio de pagamento.

Por que não oferecer essa modalidade para o seu cliente? Aqui vai um insight interessante.

Parte dos seus clientes podem preferir pagar por cartão. Se você contratar uma empresa de pagamento on line a cobrança por cartão de crédito fica automaticamente disponível.

Algumas vantagens:

  • Tratar o seu serviço como assinatura, pois o valor mensal ameaça menos o limite do cartão do seu cliente;
  • Seu cliente não precisa tomar uma ação todos os meses para lhe pagar;
  • É mais uma opção para o seu cliente;
  • Você pode iniciar um modelo de receita recorrente.

Pagamentos recorrentes

Quando os pagamentos de seus clientes são recorrentes você garante a previsibilidade de suas receitas e foca no coração do seu trabalho.

A oferta do cartão de crédito como meio de pagamento associado à automação do processo de cobrança permite você a basear o seu negócio na receita recorrente que, aliás, é a tendência dos negócios mais rentáveis.

Como é que academias de ginástica conseguem viver com mensalidades de R$ 50,00? Com a recorrência dos pagamentos. Você pode desenvolver serviços adicionais e incluí-los numa cobrança recorrente.

A Vindi tem um material muito bacana que vale a pena ler para entender melhor este modelo de geração de receita.

Conclusão

Em tempos de alta concorrência entre as empresas do setor de serviço como, por exemplo, escritórios de contabilidade, a saída é a mesma de outros setores: inovação e diferenciação do serviço ou produto.

Dependendo do volume de boletos que sua empresa lida mensalmente, a automação da cobrança pode melhorar o relacionamento com o seu cliente, melhorar a sua produtividade e diminuir a inadimplência.

Como um ganho secundário, fica uma mensagem subliminar muito interessante: a de que a sua empresa confia na tecnologia e tem processos automáticos.

Isso passa ao seu cliente a percepção de que sua empresa está realmente alinhada com o futuro.

Sim, faça uma reflexão e considere implementar a automação de cobranças em sua empresa de serviços.


Leia Também

O que é o evento Averbação para Exportação e quais os seus benefícios?

27 ago 2018, 17H14

Olá pessoal, Neste artigo vamos explicar que é o evento [790700 – Averbação de Exportação] vinculado às notas fiscais de remessa e exportação e também mostrar uma forma simples e automática para acompanhar o desembaraço dos bens e a …

Leia mais

Como resolver falhas na comunicação com a SEFAZ para CTe, NFe e NFCe.

27 ago 2018, 17H14

Olá pessoal! No decorrer deste artigo descrevo a solução para os problemas de comunicação com a SEFAZ apresentados pelos aplicativos de consulta e emissão de documentos fiscais que começaram a ocorrer a partir da utilização em massa da …

Leia mais